Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.

De esfiha clássica a japonês sofisticado: 4 points gastronômicos em Santana

Zanone Fraissat/FOLHAPRESS
Vista do mirante de Santana Imagem: Zanone Fraissat/FOLHAPRESS

Olavo Medeiros

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

09/06/2018 04h00

Santana é um dos bairros mais antigos e populares de São Paulo, praticamente um símbolo da Zona Norte da capital paulista. A região recebeu muitos imigrantes e é um grande polo comercial, o que se reflete no perfil cosmopolita dos seus restaurantes e bares, misturando estabelecimentos clássicos e contemporâneos.

Para desbravar um pouco da cultura gastronômica do bairo, preparamos uma lista com bares e restaurantes para você conhecer ou voltar à região de Santana.

Jullia Pizza Bar

Reprodução / Instagram
Imagem: Reprodução / Instagram

Inaugurada em 1996, em uma antiga casa de esquina, a Jullia Pizza Bar é um dos locais mais charmosos da região, com decoração ao mesmo tempo rústica e sofisticada. Fazem parte do cardápio, bruschettas (a partir de R$ 30), saladas (a partir de R$ 38) e carpaccios (a partir de R$ 33). As pizzas são umas das mais gostosas de São Paulo, e podem ser feitas com massa fina, tradicional ou integral, custam em média R$ 60 (4 fatias) e R$ 80 (8 fatias).

Dentre os diversos sabores, está a "Belíssima" (muçarela, gorgonzola, geleia de figos e presunto cru). Para os vegetarianos há a "Funghi & Poró" (muçarela, shitake, shimeji e alho poró).

Vai lá:
Rua Francisca Julia, nº 465
De domingo a quinta das 18h às 23h59. De sexta a sábado das 18h às 1h.
Telefone: (11) 2959 5077

Nosu

Divulgação
Imagem: Divulgação

Quando o quesito é sofisticação, o restaurante japonês Nosu encanta os olhos e o paladar de quem procura algo diferenciado. O cardápio tem opções para todos os bolsos (se bem que as porções são pequenas), desde temakis (a partir de R$ 15 a unidade), tempura de camarão (R$ 24), até combinados que chegam a R$ 516.

Os preços mais elevados de alguns pratos se devem à variedade dos peixes e aos tipos de preparo, onde itens trufados, maçaricados e até defumados em chá têm destaque. Mesmo as cortesias, como o gengibre e o sunomono, têm sabores únicos, que você não encontrará facilmente em restaurantes do gênero.

Vai lá:
Rua Maria Curupaiti, 414
De terça a quinta das 12 às 15h e das 19h às 23h. De sexta a sábado das 12h às 15h e das 19h às 23h30. Domingo das 12h às 15h30 e das 19h às 22h30.
Telefone: (11) 2283-5822 / 2283-4107

Casa Garabed

Juliana Bruder / Divulgação
Imagem: Juliana Bruder / Divulgação

O restaurante armênio Casa Garabed é um clássico. O restaurante funciona no local onde morava o imigrante Garabed Deymendjian e sua família, e hoje está sob o comando da terceira geração. A cozinha preserva um forno à lenha, que assa quitutes há mais de 6 décadas.

Apesar de ser um restaurante com um cardápio completo, as esfihas (a partir de R$ 8,40), tem destaque entre os frequentadores. Para quem come carne, a dica é a de pernil de cordeiro (R$ 14,20), os vegetarianos podem apostar nas de Zahtar (R$ 10,40) e de escarola (R$ 11).

Dentre as sobremesas, o destaque é o Creme do Céu (R$ 14,40). Trata-se de um creme feito à base de leite, creme de leite e leite condensado, que pode vir coberto com geleia de damasco, tâmara ou ameixa preta, finalizado com cereja e hortelã.

Vai lá:
Rua José Margarido, 216
Quarta a domingo das 12h às 21h
Telefone: (11) 2976-2750 | 2976-3943

Bar do Luiz Fernandes

Divulgação
Imagem: Divulgação

Outro clássico da região, considerado um dos melhores botecos da cidade, é o Bar do Luiz Fernandes, inaugurado em 1970. O carro chefe são os bolinhos, que custam entre R$ 5 e R$ 6 a unidade. As opções vão desde o tradicional bolinho de carne, até o Delicia Portuguesa feito com arroz de bacalhau; incluindo alguns mais diferentes, como o Bolinho de Braga, feito com alheira ou ainda, e o Quarentinha (criado para comemorar os 40 anos do estabelecimento), que leva muçarela ralada, miolo de alcachofra, tomate seco, manjericão e aliche.

As caipirinhas também são uma boa pedida, como a Do Seu Luiz feita com caju, tangerina e limão, ou a Da Moira, preparada com goiaba, uva verde e manjericão (ambas custando R$ 19).

Vai lá:
Rua Augusto Tolle, 610
De terça a sexta das 16h às 23h59. Sábado das 11h às 21h. Domingo das 11h às 19h.
Telefone: (11) 2976-3556

Mais Cultura e lazer