menu
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.

Nove lugares para comer essa delícia derretida chamada raclette

Wellington Nemeth / Divulgação
Raclete do Bistrot de Paris Imagem: Wellington Nemeth / Divulgação

Isabela Marinho

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

23/07/2018 04h00

Com o friozinho que faz em algumas noites, a vontade de comer pratos quentes e gordurosos aumenta. E a raclette, tradicional iguaria suíça feita com o queijo de mesmo nome, é uma ótima opção. Originária de Valais, estado no sul do país, raclette vem do verbo racler, que na língua francesa significa raspar, e remete ao modo de preparo do prato: o queijo era derretido em fogueiras e raspado para esquentar os nativos em meio ao frio dos Alpes. No século 20 foram criadas as racleteiras elétricas e, de lá para cá, elas foram sendo modernizadas.

No Brasil, a raclette é feita desde o modo tradicional - com os mesmos acompanhamentos servidos na Suíça - até servida com nosso toque especial, como a maioria dos pratos que importamos: tem raclette na pizza, no hambúrguer, no hot dog e até na batata frita. Para aproveitar o embalo, listamos 10 lugares para curtir o frio de São Paulo comendo essa maravilha da maneira que for.

C-Cultura Caseira (Grand Hyatt São Paulo)

Tadeu Brunelli / Divulgação
Imagem: Tadeu Brunelli / Divulgação

O festival de raclette do Grand Hyatt São Paulo acontece de quinta a sábado, até 15 de setembro, e inclui um buffet à vontade (R$ 92) com estação de queijo raclette, batatas cozidas, frios artesanais como presunto cru, copa, salame, picles de legumes orgânicos e pães caseiros. A casa também faz fondue para duas pessoas (R$ 110) com três tipos de chocolate Lindt acompanhado de frutas e brownie.

Vai lá:
Avenida das Nações Unidas, 13301, Itaim Bibi.
Quinta a sábado, até 15 de setembro, das 19h às 23h30.
Telefone: (11) 2838-1234

Roots Art Burger Craft Beer

Em uma casa de três andares no Tatuapé, com cinco ambientes diferentes – dentre eles uma área externa com mesas de confraria e uma sala com luz baixa, com clima mais intimista –, a Roots tem arte no nome e não é em vão: os lanches são todos feitos de maneira artesanal, tanto as carnes, como os pães. Os burgers são comprados, selecionados e montados por um dos sócios da casa, Leandro Gusman. Os três lanches da hamburgueria são harmonizados com cervejas também artesanais (R$ 35 em média) e batatas fritas rústicas em diferentes versões (R$ 36 a porção), a coberta de raclette também vem com picles e páprica. O The Best Roots (R$ 60) é campeão de vendas da casa: burger de Wagyu (considerada a melhor carne do mundo), queijo raclette suíço derretido e gratinado (com maçarico) e bacon defumado picado no pão australiano. 

Vai lá:
Rua Euclides Pacheco, 986, Tatuapé.
Terças a quintas, das 18h à 0h.
Sexta e sábado, das 11h à 0h.
Domingo, das 16h às 21h.
Telefone: (11) 2936-3225

Hilton São Paulo Morumbi

No hotel Hilton, a raclette é servida no brunch de inverno (R$ 85), aos domingos, acompanhada de queijo gruyére, batatas bolinhas cozidas, linguiça calabresa defumada, bacon crocante, salsicha com alho e legumes. De sobremesa, o valor inclui petit gateau acompanhado de sorvete artesanal.

Vai lá:
Avenida das Nações Unidas, 12901, Brooklin Paulista.
Sábados e domingos até 30 de setembro, das 12h30 às 15h30.
Telefone: (11) 2845-0001

Bistrot de Paris

Wellington Nemeth / Divulgação
Imagem: Wellington Nemeth / Divulgação

Comandado pelo chef francês Alain Poletto, o Bistrot de Paris – especializado em comida francesa, com adaptações – faz a raclette de maneira tradicional (R$ 89 por pessoa, para no mínimo duas pessoas), em uma máquina trazida diretamente da França. No prato vem queijo raclette derretido acompanhado de batatas cozinhas, tábua de frios com viande des Grisons (uma espécie de carne seca feita na Suíça), presunto cru, lombo defumado, calabresa apimentada, picles, mini cebola e baguete. O restaurante fica numa vila super charmosa, tem um espaço externo com jardim e seu interior possui decoração tradicional e requintada.

Vai lá:
Villa San Pietro - Rua Augusta, 2542, Jardins.
Terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h30.
Sexta, das 19h à 0h.
Sábado, das 12h às 17h e das 19h à 0h. Domingos, das 12h às 15h30.
Telefone: (11) 3063-1675

Florina

Especializado em gastronomia suíça, o Florina também produz a raclette de maneira tradicional. O prato, para duas pessoas, acompanha batatinhas e picles (R$ 130). Para completar, o restaurante é ambientado em uma casa, e as mesas são espalhadas pelo jardim (a lareira é acesa para esquentar todo mundo nas noites frias). Além da culinária suíça, o cardápio inclui pratos alemães e franceses.

Vai lá:
Rua Cristóvão Pereira, 1220, Campo Belo.
Terça a quinta, das 19h à 0h.
Sextas e sábado, das 19h à 1h.
Domingo, das 12h às 16h.
Telefone: (11) 5041-5740

Stunt Burger

Divulgação
Imagem: Divulgação

Ousadia. Esta é a palavra para definir os pratos com raclette do Stunt Burger. Além do hambúrguer de raclette (R$ 35), já conhecido do público de invernos passados, a hamburgueria passou a fazer também hot dog (R$ 25) e batata frita (R$ 20) cobertos com o queijo suíço. Os pratos estão disponíveis somente durante o mês de julho.

Vai lá:
Rua José Jannarelli, 426, Morumbi.
Segundas a quinta, das 12h às 23h30.
Sexta e sábados, das 12h à 0h30. Domingo, das 12h às 23h30.
Telefone: (11) 3721-3538

Shopping Iguatemi
Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232, loja 1-A-7B, Jardim Paulistano.
Segunda a sábado, das 11h às 23h.
Domingos, das 11h às 22h.
Telefone: (11) 3034-1313

Restaurante Helvetia

Também especializado em culinária europeia (francesa, suíça, italiana e alemã), com adaptações e pratos brasileiros no cardápio, o Helvetia tem no cardápio a raclette típica acompanhada de batata cozinha, picles e um mini prato de frios; tanto em porção única (R$ 42), quanto à vontade por pessoa (R$ 86).

Vai lá:
Avenida Indianópolis, 3145, Indianópolis.
Segunda, das 11h30 às 15h.
Terça a quinta, das 11h30 às 15h e das 18h30 às 22h.
Sexta das 11h30 às 15h e das 19h30 às 23h30.
Sábado das 11h30 às 17h e das 19h30 às 23h30.

Forno da Vila

Carlos Moreira / Divulgação
Imagem: Carlos Moreira / Divulgação

No Forno da Vila tem uma outra inovação: a pizza de raclette. Servida com muçarela de búfala, queijo raclette, prosciutto crudo e páprica picante, a fusão ítalo-suíça é oferecida em três tamanhos diferentes (R$ 92 a grande, R$ 78 a média e R$ 60 a individual) e está permanentemente no cardápio da pizzaria, que tem outros sabores exóticos em um ambiente sofisticado.

Vai lá:
Endereço: Rua Capitão Macedo, 552, Vila Mariana.
Terça a quinta, das 18h à 0h. Sexta a domingo, das 18h à 1h.
Telefone: (11) 5082-4547

Fortunato Bar

No Fortunato Bar, o menu de inverno também tem raclette acompanhada de batatas (R$ 59, serve duas pessoas como entrada e uma pessoa como refeição). Com decoração intimista, o boteco serve drinques coloridos em vasilhames de vidro descolados.

Vai lá:
Rua Joaquim Távora, 1356, Vila Mariana.
Segunda e terça, das 17h às 23h.
Sexta, das 16h às 23h30.
Sábado, das 12h às 23h30.
Domingos, das 12h às 23h.
Telefone: (11) 4680-2966

Mais Cultura e lazer