menu
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Tap bars em SP: veja onde se refrescar com chope diretamente do barril

Divulgação
A Goose Island, em Pinheiros, tem trinta torneiras abastecidas com chopes nacionais e de fora Imagem: Divulgação

Laise Guedes

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

20/12/2018 04h00

A onda das cervejarias artesanais está longe de acabar e agora inclui um prazer a mais. Com o verão chegando, a pedida são os tap bars, com variedades de chopes geladinhos que vão direto do barril para o copo.

Esses bares servem geladas de produção própria e de cervejarias convidadas, com uma boa seleção de fixas, além das sazonais e edições especiais, que costumam ser reveladas pelas cervejarias apenas na semana do lançamento. 

Os chopes da vez são os nacionais, que surpreendem com sabores inusitados, feitos com ingredientes locais e produções colaborativas, não deixando a desejar em nada comparados à produção gringa. Para se ter uma ideia, a São Paulo Tap House, a campeã de torneiras da cidade, tem 40, todas abastecidas com chopes nacionais.

A Tap Tap, um dos bares que surgiu no último ano, também traz uma grande variedade de cervejas locais. "A maioria dos chopes que oferecemos hoje é nacional, tanto pelo momento da economia, quanto pela ótima qualidade que as cervejas brasileiras estão entregando", diz Leandro Gonçalves, gerente e sócio da Tap Tap, que já integra o eixo cervejeiro do centro de São Paulo.

Ficou com vontade de provar? Então vem com a gente conhecer cinco endereços na capital paulista para beber chope artesanal diretamente da torneira. Mas se prepare: como as casas oferecem uma grande variedade de opções sazonais e especiais, com uma a lista de bebidas rotativa, vá aberto para experimentar novos sabores.

Bar Câmara Fria: chope mineiro premiado, pizza e coxinhas

Divulgação
O speakeasy Câmara Fria não tem placa ou nome na fachada e surpreende com chopes da Wäls e pizzas da Bráz. Imagem: Divulgação

Já ouviu falar em speakeasy? São aqueles bares escondidinhos e secretos da cidade, como o Câmara Fria, instalado sobre o bar Original, velho reduto cervejeiro em Moema. O irmão mais jovem e descolado tem decoração industrial, luz indireta, mesinhas coletivas e um grande balcão, com uma dezena de torneiras de chope artesanal. A premiada Wäls abastece hoje nada menos que sete das dez torneiras e há sempre outras cervejarias convidadas. Na semana da visita, foi possível experimentar a cerveja de trigo da carioca Praya e a American Ipa com Cacau, da curitibana Bodebrown em parceria com a norte-americana Stone Brewing. Os chopes vêm em copos de 150 mL e 250 mL, com valores que vão de R$ 13 até R$ 23. Se bater fome, dá para se deliciar com coxinhas e pizzas "brotinho" (a partir de R$ 23), como a "Al Taglio" (linguiça de javali, cebola e pimenta sriracha, por R$ 26), com receitas da Bráz.

Vai lá:
Rua Graúna, 137, Moema, São Paulo. Entrada pelo bar Original.
Terça e quarta, das 19h à 1h.
Quinta a sábado, das 19h às 2h.
Telefone: (11) 5093-9486

Goose Island Brewhouse: terraço e homenagem ao metrô

A cervejaria de Chicago aterrissou no Largo da Batata, em um sobrado de dois andares e fachada rústica. Por uma vidraça, onde funciona a fábrica conjugada ao bar, dá para acompanhar a produção do mestre-cervejeiro Guilherme Hoffmann (ex-Cervejaria Nacional). São 30 torneiras abastecidas com chopes sazonais, colaborativos, convidados e da casa. Prove o Yellow Line, uma Australian Pale Ale com sabor de lúpulos cítricos e o Piney Pils, de coloração dourada e amarguinho, feito em homenagem ao bairro (ambas têm os mesmos preços: R$ 9 de 200 mL, R$ 18,50 de 450 mL e R$ 22,50 de 570 mL). Aproveite para bebericar o seu chope no terraço, com vista privilegiada da parte baixa do bairro. Para acompanhar, vá de linguiça artesanal com lúpulo, servida em pão de malte de cevada (R$ 40) ou então de falafel clássico, com molho de gergelim (R$ 27).

Vai lá:
Rua Baltazar Carrasco, 187, Pinheiros, São Paulo.
Terça e quarta, das 10h às 0h.
Quinta, das 18h à 1h.
Sexta e sábado, das 12h à 1h.
Domingo, das 12h às 22h.
Telefone: (11) 2886-9858

São Paulo Tap House:  diversidade de torneiras e hambúrguer 

Divulgação
A São Paulo Tap House oferece 40 bicos com diferentes opções de chopes. Imagem: Divulgação

Aqui as 40 torneiras jorram cervejas brasileiras. A seleção de bebidas da casa é rotativa, com lançamentos sazonais e edições especiais. O destaque da última semana era a  ShadowPlay, uma New England IPA com aroma cítrico e de frutas tropicais proveniente dos lúpulos, produzida pela cervejaria Micro X, de Brasília (190 mL por R$ 12, 450 mL por R$ 23 e 1L por R$ 46). Para acompanhar, peça o hambúrguer Canastrão (queijo da canastra, hambúrguer de 160 gramas, bacon, tomate, cebola roxo e rúcula no pão rústico, por R$ 33). Toda semana rola degustação com quatro opções à escolha da casa, a partir de R$ 32. De terça a sexta, o chope vem em dobro até as 20h, com quatro torneiras selecionadas.

Vai lá:
Rua Girassol, 340, Vila Madalena, São Paulo.
Terça, das 18h à 0h.
Quarta e quinta, das 18h à 0h30.
Sexta, das 16h à 1h.
Sábado, das 12h à 1h.
Domingo e feriados, das 12h às 22h30.
Não abre às segundas.
Telefone: (11) 3530-6602

BrewDog:  sabores exóticos e pet friendly

Conhecida pelos sabores intensos, a cervejaria escocesa tem 22 torneiras com rótulos nacionais e internacionais. Quem frequenta a casa costuma pedir produções próprias como o Pale Ale Dead Pony ou Punk IPA (half pint por R$ 22,50), e a seleção de chopes de outras cervejarias também faz sucesso. É o caso da paulista Dogma e a alemã Weihenstephaner, que produz cerveja desde 1040, na Bavária. Os copos vêm em quatro tamanhos (190 mL, 284 mL, 380 mL e 568 mL), e o preço médio de uma half-pint (284 mL) é de R$ 14). Às quarta-feiras, o desafio é dar conta das chicken wings (asinhas de frango por R$ 45) ou buffalo cauliflowers (versão vegana com couve-flor, por R$ 35), das 18h às 21h, preço único. A unidade paulistana é a primeira fora da Europa e, assim como as demais, também é pet friendly, com todas as áreas liberadas para os peludos.

Vai lá:
Rua dos Coropés, 41, Pinheiros, São Paulo.
Segunda a quarta, das 18h à 0h.
Quinta, das 18h à 1h.
Sexta, das 15h às 2h.
Sábado, das 12h às 2h.
Domingo, das 12h às 22h.
Telefone: (11) 3032-4007

Tap Tap Cervejaria: vista do centro e sabores de fim de ano 

 

Divulgação
A Tap Tap oferece chopes especiais, como a Saison da Blondine, que leva framboesa e hibisco. Imagem: Divulgação
A Tap Tap fica na esquina da Consolação com a Praça Roosevelt, consolidando a região como um novo eixo cervejeiro - ali perto também estão a Cervejaria Central, na Vila Buarque e a Cerveja a Granel, na Santa Cecília. Com uma bela vista do centro da cidade, a casa tem 16 variedades de torneiras, com chopes que vêm em três tamanhos de copos (190 mL, 300 mL ou 450 mL) e valores a partir de R$ 6. Para acompanhar seu chope, peça um sanduba de salmão ou de presunto parma (R$ 25). O sistema é de autoatendimento e os pedidos são feitos no balcão. 

Vai lá:
Rua da Consolação, 455, Consolação, São Paulo.
Segunda a sábado, das 12h à 1h.
Domingo, das 12h às 21h.
Telefone: (11) 98477-8849

Outros bons lugares para provar chopes geladinhos em São Paulo:

Armazém 77 - Rua Betari, 525, Penha, São Paulo. Terça a quinta, das 17h às 23h. Sexta, das 17hs à 0h. Sábado, das 15h à 0h. Telefone: (11) 2296-6120.

Bar do Urso - Rua Mourato Coelho, 23, Pinheiro, São Paulo. Terça a sexta, das 17h à 1h. Sábado, das 15h à 1h. Domingo, das 15h às 21h. Tel. (11) 3562-7010. 

Casa Avós - Rua Croata, 703, Lapa, São Paulo. Quarta à sexta, das 17h30 às 23h. Sábado, das 12h às 20h.

Cerveja a Granel - Rua Barão de Tatuí, 402, Santa Cecília, São Paulo. Quarta a sexta, das 17h à 0h. Sábado, das 13h à 0h. Domingo, das 13h às 21h. Telefone: (11) 2894-2149.

Cervejaria Central - Rua Jesuíno Pascoal, 101, Vila Buarque, São Paulo. Terça a sexta, das 18h à 0h. Sábado, das 16h às 23h. Telefone: (11) 4179-7534.

Cervejaria Nacional - Avenida Pedroso de Morais, 604, Pinheiros, São Paulo. Terça a quinta, das 17h às 0h. Sexta e sábado, das 12h às 0h. Domingo, das 12h às 18h. Telefone: (11) 3034-4318

Choperia São Paulo - Rua dos Pinheiros, 315, Pinheiros, São Paulo. Segunda a sexta, das 18h à 1h. Sábado, das 14h à 1h. Domingo, das 16h às 23h. Telefone: (11) 3360-5101.

Delirium Café São Paulo - Rua Ferreira de Araújo, 589, Pinheiros, São Paulo. Segunda à quinta, das 12h à 0h. Sexta, das 12h à 1h30. Sábado, das 12h às 2h. Telefone: (11) 2495-2225.

Empório Alto dos Pinheiros - Rua Vupabussu, 305, Pinheiros, São Paulo. Segunda a quarta e domingo, das 12h às 24h. Quinta a sábado, das 12h à 1h. Telefone: (11) 3031-4328. 

Les 3 Brasseurs - Rua Jesuíno Arruda, 470, Itaim Bibi, São Paulo. Segunda, terça e domingo, das 12h às 23h. Quarta, das 12h à 0h. Quinta, das 12h à 1h. Sexta e sábado, das 12h às 2h. Telefone: (11) 3167-4145
 
Soul Botequim - Avenida Padre Antônio José dos Santos, 812, Brooklin, São Paulo. Segunda a sexta, das 17h à 0h. Sábado, das 13h à 0h. Domingo, das 13h à 0h. Telefone: (11) 3297-0006.

É cervejeiro e conhece mais algum tap bar que vale a pena entrar na lista? Compartilhe com a gente nos comentários!

Mais Cultura e lazer