menu
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Cultura e lazer

8 pratos mineiros que todo turista precisa provar em BH

Luiza Sahd

Colaboração para o Urban Taste

2019-04-04T04:00:00

04/04/2019 04h00

Para além da Praça da Liberdade, do Mercado Central, da Lagoa da Pampulha ou do Mineirão, Belo Horizonte tem uma atração turística onipresente para os visitantes da capital mineira: a gastronomia caprichada, que parece ser requisito básico para a abertura de qualquer estabelecimento na cidade, do mais simples ao mais requintado.

Em BH, é mais difícil comer mal do que comer algo inesperadamente delicioso. Em meio a tanta oferta de iguarias locais, pode ser que o visitante se perca um pouco na hora de escolher o que provar durante uma visita à cidade. Aqui, selecionamos 8 pratos clássicos e gostosos da região para comilão nenhum botar defeito.

Picolé mineiro

É impossível falar de culinária mineira sem citar a prata da casa: torresmo. Quando você ouvir falar de picolé mineiro de torresmo, não se assuste. A receita não é congelada, mas um torresmão quentinho e com o corte do osso perfeito para comer segurando feito um picolé? e lamber os dedos.

Fígado com jiló

Polêmico para alguns e deleite para outros, o fígado com jiló é um patrimônio da comida mineira. Mesmo quando o jiló não está entre os alimentos favoritos dos comensais, vale a pena experimentar a iguaria em Belo Horizonte e tirar as próprias conclusões.

Bambá de couve

Não se iluda com o nome da receita, que fala só da couve. O bambá é um prato dos campeões, que leva fubá, linguiça, bacon, costela, queijo canastra e o que mais a imaginação dos chefs mineiros pedir. Alimenta muito -- e é das coisas mais saborosas que você vai provar na vida.

Frango com pequi

Muito popular também na gastronomia goiana, a galinha com pequi de Belo Horizonte tem sabor marcante sim, mas com os temperos perfeitos para a gente provar e repensar nossos preconceitos gastronômicos.

Mexidão mineiro

Era refeição completa que você queria, @? Então fique com essa iguaria de BH que leva arroz, feijão, farinha de mandioca, torresmo, ovo, linguiça, queijo coalho, tomate e especiarias. Se bateu uma leve exaustão ao ler os ingredientes, imagine a paz que bate depois de limpar um prato de mexidão mineiro.

Vaca atolada

Como todas as receitas aqui comprovam, o mineiro não brinca em serviço na hora de comer. A vaca atolada leva costela bovina e mandioca deliciosamente cozidas. O ponto ideal da receita é quando a carne e o legume derretem na boca. Em BH, o pessoal tira de letra.

Frango com quiabo

Eis aqui outra polêmica deliciosa. O quiabo não é exatamente preferência nacional, mas quando provamos a combinação que resulta do cozimento com o frango e tudo se desfaz ao simples toque do garfo, os mineiros provam mais uma vez que estavam cobertos de razão quando inventaram a receita.

Feijão tropeiro

Não importa quantas vezes você tenha experimentado feijão tropeiro na vida: em BH, ele vai ser mais saboroso. Cada cantinho da cidade oferece opções e releituras de um dos pratos mais famosos de Minas. Todas elas merecem ser provadas. O melhor é que o preço, por lá, também é amigo.

Mais Cultura e lazer