menu
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.

Drinque Gin Pesto é refrescante e aposta no manjericão; aprenda a preparar

Marcela Arone / Divulgação
Drinque Gin Pesto, do Cava Bar Imagem: Marcela Arone / Divulgação

Luciana Mastrorosa

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

21/09/2018 04h00

Instalado no subsolo de uma das casinhas antigas do Jardim Paulista, em São Paulo, o Cava Bar aposta em uma carta de drinques clássicos e contemporâneos em um ambiente diminuto e que busca preservar o charme de tempos antigos. Como conta Marcela Arone, uma das sócias, a ideia era abrir um bar de resistência na capital paulista, ocupando os cantinhos da cidade que ainda não foram engolidos pela especulação imobiliária. "A proposta do Cava é mostrar que dá para usar esse espaço que desapareceu na cidade, que é o porão", diz Marcela.

Para seguir nessa linha, os quatro sócios se propuseram a manter, com fidelidade, o estilo desse subsolo dos anos 1930, mexendo pouco na arquitetura do lugar. Afinal, foi por causa dele que os amigos resolveram abrir o Cava. "Vimos o local e pensamos que seria incrível ter um bar ali", conta ela.

A carta de bebidas, elaborada por Marcela, reflete esse estilo vintage. O Gin Pesto é o mais pedido da casa, uma refrescante combinação de gin, manjericão e limão siciliano. Como todos os sócios são descendentes de italianos, a memória afetiva dos avós que bebiam bitters, como Fernet, também colaborou para dar o tom. "Para nós era muito importante trabalhar melhor os amargos, por isso colocamos o Fernet Tônica, que quase não tem muito no Brasil. É um ótimo coquetel de saída, para beber no fim da noite, porque é digestivo", afirma Marcela.

Veja também:

Outro destaque que vale provar é o Nelson’sBlood, um drinque cheio de história, com conhaque e vinho do porto. Criado em homenagem ao famoso Almirante Nelson, da Batalha de Trafalgar, é um dos mais populares na Inglaterra, mas menos conhecido por aqui. "Nossa ideia é fazer um pouco desse resgate, trazer receitas pouco óbvias", diz a sócia.

O cardápio de petiscos e pratos também reflete a veia italiana dos donos aliada à ideia da resistência dos espaços antigos. Assim, não podem faltar a massa fresca, que muda toda semana, e o tortano, o tradicional pão italiano com linguiça, feito lá. "Os pratos acompanham a sazonalidade dos produtos, o que tem de fresco. Todos os embutidos e queijos são brasileiros, toda a cozinha é artesanal", lembra Marcela. Não deixe de provar o petisco da casa, o penne crocante com lemon pepper, inspirado nos amendoins onipresentes nos bares mais tradicionais. De sobremesa, a única opção é o creme catalão, feito semanalmente. Mas peça rápido, pois a produção é pequena e logo acaba.

Aprenda a fazer

Gin Pesto, do Cava Bar

Ingredientes:
10 folhas de manjericão fresco
50 ml de gin
30 ml de suco de limão siciliano
15 ml de xarope de açúcar
Pedras de gelo a gosto

Modo de preparo:
Macere delicadamente o manjericão fresco na coqueteleira e bata com o gin, o suco de limão, o xarope de açúcar e pedras de gelo. Coe duplamente para um copo com gelo a gosto. Decore com folhas de manjericão fresco e sirva.
Dica: para fazer o xarope de açúcar como no Cava Bar, misture 1 kg de açúcar em 1 litro de água, a frio, mexendo muito bem até não sobrar nada de açúcar no fundo do recipiente. Se desejar um drinque com ainda mais perfume de manjericão, acrescente um punhado de folhas frescas da erva no xarope de açúcar e deixe em repouso por ao menos 2 horas antes de usar. Não precisa coar. Esse xarope de manjericão dura dois dias na geladeira.

Mais Cultura e lazer