menu
Topo

Cultura e lazer

Viva a cidade. Saboreie experiências.


Brisa fresca, música e drinques: 5 baladas para dançar ao ar livre em SP

Divulgação
Lions Nightclub Imagem: Divulgação

Lilian Sobral

Colaboração para o Urban Taste, em São Paulo

2019-01-12T04:00:00

12/01/2019 04h00

Verão é poca de explorar os parques da cidade, fazer passeios para "botar a cara no sol", tomar sorvetes instagramáveis e derreter de calor nas baladas! A boa notícia para quem não abre mão de se acabar nas pistas de dança paulistanas, nem quando o ar condicionado deixa de dar conta, é que a cidade tem uma oferta de baladas ao ar livre. 

Na lista tem rooftop, varanda, quintal e até piscinas que animam as noites (e às vezes, os dias) dos baladeiros calorentos. Outro ponto positivo: a maioria deles também têm ambientes cobertos perto de onde reina a brisa, ideal para que as festas sigam mesmo diante das famosas chuvas de verão que, sabemos bem, não esperam março para fechar o verão. Bora?

Fresh

Divulgação
Imagem: Divulgação
Essa é para quem quer se refrescar mesmo: uma festa na piscina em meio ao tradicional bairro do Bom Retiro. Pool party com mira no público gay, a Fresh tem a assinatura dos criadores da Bubu Lounge, outra balada do circuito LGBT de São Paulo. As festas são quinzenais, sempre aos domingos. Começam lá pelas 15h, para aproveitar o sol e o dia quente, e seguem pela noite. Algumas edições especiais duram até 15 horas. A área externa, claro, lota. E não é para menos: a cabine do DJ, bem em cima da piscina, faz o deck bombar. 

Vai lá:
Rua Mamoré, 305, Bom Retiro, São Paulo.
R$ 70 consumo até às 18h. Depois é R$ 100. Os preços são com nome na lista.
Lista: contato@freshfesta.com.br.
Programação completa e mais informações no Facebook.

Lions Nightclub

Uma das casas pioneiras em garantir um arzinho em meio ao som dos DJs abriu em 2010 e segue com sua varanda em destaque. A Lions Nightclub tem três espaços principais: duas pistas fechadas e uma super área aberta. O xodó dos frequentadores se explica até no tamanho do espaço. As duas pistas somadas têm 259 metros quadrados, enquanto a varanda, sozinha em sua grandiosidade, tem 273 metros quadrados. "Na escolha de um local para uma nova balada, foi essa varanda gigante, com vista para o centro de São Paulo, que nos ganhou", conta Cacá Ribeiro, narrando como começou a Lions, em parceria com outro empresário das baladas, Facundo Guerra. 

A vista que Cacá menciona não é qualquer uma. Dali, a galera dá de cara com a Catedral da Sé. Quem quer curtir a vista e a pista pode aproveitar alguns dos eventos especiais da casa. 

Vai lá:
Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 277, Bela Vista, São Paulo.
Programação completa no Facebook.
Telefone: (11) 3104-7157

Nos Trilhos

Divulgação
Imagem: Divulgação
Quer se acabar de dançar em meio a trilhos de trem, vagões centenários e, ao fundo, um grande viaduto com a cara de São Paulo? Nos Trilhos, na Zona Leste, rolam festas temáticas, baladas e shows com programação bastante plural. Sério, as atrações que passam por ali vão de balada indie a show do funkeiro Kevinho, por exemplo, programado para o dia 24 de janeiro.

Vai lá:
Rua Visconde de Parnaíba, 1253, Mooca, São Paulo.
Programação completa no Facebook.
Telefone: (11) 99203-2803

Casa 92

O lugar é exatamente isso: uma casa enorme e confortável. Sendo assim, não poderia faltar um belo quintal que, nesse caso, abriga um lounge para os visitantes. Mas a estrela das noites quentes na região do Largo do Batata, em Pinheiros, é uma outra estrutura. Batizada de "pracinha", esse ambiente da Casa 92 tem 330 metros quadrados ao ar livre, perfeito para quem gosta de dançar e bebericar sob a brisa. Duas das festas que acontecem por ali são a Polaroid, às sextas, em que os flyers oficiais são feitos com fotos da galera que frequenta, e a Dementia, aos sábados, que abre espaço para DJs de diferentes estilos numa única noite. 

Vai lá:
Rua Cristóvão Gonçalves, 92, Pinheiros, São Paulo.
Programação completa no Facebook.
Telefone: (11) 4301-6048

Tokyo

Divulgação
Imagem: Divulgação
A proposta é clara: se divertir em ambientes muito variados, sempre com cenários da capital japonesa de pano de fundo. Os andares cheios de referências e reverência a Tóquio abrigam de restaurante a karaokê e são coroados com um rooftop de respeito, num edifício tombado. A área externa complementa uma pista e, juntas, fazem do andar o queridinho do prédio. A programação, que se estende entre quarta-feira e domingo, é diversa e recebe desde festas de música brasileira até noites regadas a hip hop.

Vai lá:
Rua Major Sertório, 110, Vila Buarque, São Paulo.
Programação completa no Facebook e no site.
Telefone: (11) 3159-0190

Mais Cultura e lazer